Chucrutes (Spieltag 16): fênix aurinegra?

Chucrutes (Spieltag 16): fênix aurinegra?
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Uma brisa de alívio sobre Dortmund. A Fênix vai voar? (Foto: Oficial BVB)

Fênix aurinegra? Dortmund quebra o jejum na estreia de Peter Stöger; Bayern, Schalke e Leverkusen vencem e Leipzig vacila de novo; confira como foi a Spieltag 16 da Bundesliga

A fênix é uma ave mitológica que ressurge das próprias cinzas. Sua representação aparece em diversas culturas com a mesma significação. Ressureição e renovação. Seria esse o momento em que o Dortmund ressurge da crise? Será Peter Stöger a renovação? Pode-se considerar a ideia de fênix aurinegra?

A 16° Spieltag chegou trazendo bons ventos à Vestfália e o torcedor amarelo pôde curtir aquela cervejinha e respirar um pouco aliviado. Trouxe também os 3 pontos para azuis reais, leões e bávaros. Os touros não tiveram a mesma sorte e empataram, seguindo com a série de vacilos. Será que temos um novo amaldiçoado na Bundesliga?

Fênix aurinegra ou sorte de principiante?

aubameyang-kagawa-mainz-x-borussia

Conexão Alemanha-Japão: Kagawa faz alguma coisa, finalmente! (Foto: Reuters)

Eles ganharam! Peter Stöger chegou com pé direito em Dortmund. Em seu primeiro jogo como comandante, o aurinegro venceu depois de 8 jogos de jejum! Amém, Odin!  Alô, Stöger, conta o segredo dessa mandinga para nós!

Jogando na Opel Arena, o time do austríaco bateu os donos da casa por 2 a 0. Os gols foram do zagueirão Sokratis e Shinji Kagawa. O novo técnico não teve muito tempo para arrumar a bagunça, mas fez algumas mudanças. O Borussia foi à campo com a defesa diferente. Saiu Neven Subotic, entrou Jeremy Toljan e Ömer Toprak. Raphaël Guerreiro jogou mais centralizado também. Com cerveja, vem mais mudanças por aí. Afinal, Stöger só teve tempo de fazer um treino antes da partida.

Apesar das mexidas, o Dortmund foi o mesmo em campo. Muitos erros de passe, a defesa dando as típicas paçocadas (não tão graves dessa vez) e sem marcar a saída de bola do adversário. O time ainda foi acomodado e teve dificuldade nas infiltrações mesmo com os dois gols. O Mainz não facilitou – chegou com lances perigosos e jogou fechado. Kagawa perdeu mais gols do que o Flamengo contra o Independiente.

Mesmo vencendo verdammt, finalmente! o aurinegro não está livre da crise e Stöger tem que mostrar à que veio. Todo time alemão que se preze rende boas rodadas de chopp aos seus torcedores. E beber na bad não é legal.

Vale lembrar que por muitas vezes o BVB passou por crises. Na temporada de 1971-72, quando foi rebaixado, e em 2001-02, momento em que enfrentou uma forte dificuldade financeira. Mas depois vieram os triunfos, os títulos. Tudo é passageiro. Seria este o prelúdio para um momento de glória? Obviamente, não nessa temporada né. O que é essa crise na fila do chucrute para a fênix do futebol alemão?

Peter Stöger: 6 por meia dúzia?

peter-stöger-borussia-mainz

Vem vitória! Peter Stöger estreia com pé direito (Foto: EPA)

A vitória serviu para criar mais expectativas e cobranças. A imprensa e a torcida estão fazendo marcação forte, o técnico austríaco ainda gera muita desconfiança. Também não é para menos, né querido? Foi demitido do lanterna por não conseguir fazer o time sair dos 3 pontos em 14 partidas!

Peter Bosz não tinha um padrão de jogo. Não conseguiu impor uma característica ofensiva e não soube fazer de um elenco forte um time poderoso em campo. O Dortmund foi de um possível campeão à uma real decepção e o queridão rodou.

O nome contratado não agradou nada. O Borussia trocou 6 por meia dúzia? Essa vitória representa a ressurreição? O fim da queda livre? O fim da maldição em Vestfália? Não dá para saber agora. O rolê é pegar a cerveja e acompanhar os próximos capítulos da Bundesliga.

Chucrutes, um toque de Candira e uma pitada de Shuaistai

Schalke 3×2 Augsburg – Os azuis reais receberam o Augsburg e sofreram. O jogo foi apertado. Daniel Caligiuri, Franco Do Santo e Guido Burgstaller marcaram para o time do norte da Vestfália. Já os tentos do Augsburg foram de Michael Gregoritsch e Caiuby. Com a vitória o time de Domenico Tedesco assumiu a vice liderança.

Bayern 1×0 Colônia – o líder não vacilou e venceu com o placar magro (xô, zebra!). O goldeness tor foi de Robert Lewandowski. Os bodes não facilitaram e levaram perigo. O time da Baviera chega a sua terceira vitória consecutiva e amplia a vantagem para nove pontos.

Wolfsburg 1×1 RB Leipzig – os lobos mostraram os dentes e o ex-vice-líder não venceu. Paul Verhaegh marcou para o Wolf e Marcel Halstenberg fez para os touros. Alô, Hasenhültt, vacilando demais!

Bayer Leverkusen 1×0 Werder Bremen – jogo morno, chatinho e placar magrinho. Lucas Alário fez o único gol do time de Heiko Herrlich. O Bremen chegou com perigo, mas nada que levasse desespero.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Yanca Rosa

Yanca Rosa

Estudante de Arquivologia da UFF, viciada em futebol! PS.: não me venha com esse papo que futebol é coisa de homem.



No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido