Cascais Women’s Pro: ora pois, destes zebra?

Cascais Women’s Pro: ora pois, destes zebra?
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Nikki Van Dijk surpreende e fatura a etapa do Cascais Women’s Pro 2017 (FOTO: WSL / Masurel)

A combinação perfeita entre inspiração e sorte coroou Nikki Van Dijk como a campeã da etapa na ‘terrinha’

Em bateria tensa contra a tricampeã mundial Carissa Moore, até então dona do favoritismo, não deu a lógica. Mas deu muito surf e onda boa. Com um início bem discreto, nem mesmo a bola de cristal usada pela galera da RISE poderia prever que a australiana levaria a etapa.

Logo na bateria tripla do Round 1, a campeã foi eliminada por Silvana Lima, tendo atuação abaixo do esperado. Após eliminar Pauline Ado na repescagem, Van Dijk não parou nem pra ajeitar o leash. Foi vitória atrás de vitória até alcançar o topo em Cascais.

Após recuperar-se na repescagem, surfou a melhor onda da sua bateria no Round 3 e avançou diretamente às quartas de final. De lá viu Courtney Conlogue (2ª no ranking) deixar a competição enquanto Sally Fitzgibbons, líder do CT, avançava. Mas a alegria da lycra dourada que até então vinha apresentando o surf mais progressivo e era favorita ao título não ia durar muito mais. A zebra deu as caras nas semi, quando Nikki derrotou Sally com uma vantagem de 16 décimos. Os mesmos 16 décimos que o seu professor daquela matéria que você não é muito bom te negou.

sally-fitzgibbons-cascais-2017

Apesar da derrota na semi, Sally Fitzgibbons aumenta sua vantagem na liderança do CT (FOTO: WSL / Damien Paullenot)

Final Cascais Pro: a tricampeã x a surpresa

Do outro lado da chave, Carissa Moore derrotava Malia Manuel e alcançava o seu melhor resultado na temporada. Na bateria final, a experiência de 3 títulos mundiais parecia ser vantagem para Carissa. Mas só parecia mesmo porque Nikki guardou o melhor para o final. Apesar de um começo fraco, Van Dijk conquistou as melhores notas e logo assumiu a liderança. Mesmo que CM tenha surfado a melhor onda do confronto, um 7.83, no somatório o título do Cascais Women’s Pro ficava com Nikki Van Dijk que alcançara os 10.67 pontos.

nikki-van-dijk-campea-cascais

Nikki Van Dijk domina as ondas de Guincho e alcança sua melhor marca no ano (FOTO: WSL/DAMIEN POULLENOT)

Como fica o ranking após Cascais?

Nikki avançou duas posições e ocupa agora o 5º lugar, com 42.000 pontos. Sally Fitzgibbons (51,600 pts), que caiu na semifinal, leva sua liderança para a etapa da França. Mordendo o calcanhar da líder vem Courtney Conlogue, com 48.100 pontos. A atual campeã do CT, Tyler Wright, com 46.450 pontos, ocupa a 3ª colocação e chega na França para reverter a queda de produção das últimas etapas. Sage Erickson (42.350 pts) encontra-se no 4º lugar, correndo por fora na tentativa de chegar em Pipe com chances de título.

Confira o Jeep Leaderboard na íntegra

A etapa da França se inicia em 7 de outubro e se estende até o dia 18 do mesmo mês. E a RISE Esportes traz tudo pra você.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Gabriel Alves

Gabriel Alves

Estudante de Publicidade na UFF, 19 anos, nascido e criado no Rio de Janeiro. Aprendeu a amar esportes muito jovem. Aquele clássico aluno que tomava bronca por displicência em sala de aula, mas que era exemplar na educação física. Não foi agraciado com o futebol de um Ronaldinho e no surf foi só Gabriel – e não um Medina. Mas aprendeu a amar, sentir e falar do esporte da sua maneira, e nisso se tornou um craque.



Related Articles

MEO Rip Curl Pro: déjà vu havaiano?

John John Florence chega ao MEO Rip Curl Pro, em Portugal, com grandes chances de título, assim como em 2016

De volta ao Maracanã do surf

Owen Wright garantiu vaga para a próxima fase na repescagem desta quarta, 10 (Foto: Divulgação/ WSL) A elite do surf

MEO Rip Curl Pro: John John cada vez mais perto do bi

John John Florence mantém o favoritismo e pode se consagrar campeão do CT novamente em Portugal (Foto: WSL/Damien Poullenot) Com

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido