Rams e 49ers em ‘O Jogo dos 7 Erros’

Rams e 49ers em ‘O Jogo dos 7 Erros’
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Presepadas transformam o clássico da NFC Oeste em jogo dos 7 erros (Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images)

Placar inédito e festival de lambanças marcaram a vitória dos Rams sobre os 49ers

O Los Angeles Rams (2-1) venceu o San Francisco 49ers (0-3) por 41 a 39 fora de casa. Os Rams dominaram o confronto e seus principais jogadores ofensivos brilharam, mas… LA fez de tudo para perder o jogo – e quase conseguiu. Quase. Finalmente tivemos um Thursday Night Football empolgante, coisa rara na NFL. Vamos aos erros que abriram a Semana 3!

Um: Brian Hoyer

Ah, nosso querido Brian Hoyer! Na primeira jogada da partida, o camisa 2 lançou um belo passe nas mãos de Nickell Robey-Coleman. Pena que o jogador é defensive back dos Rams e não recebedor dos 49ers. A interceptação deixou LA na beira da endzone e Todd Gurley III correu para um TD de 3 jardas: 7 a 0.

Dois: Blake Countess

Na campanha seguinte os 49ers entraram em uma 3ª descida para 10 jardas. A jogada não convertida virou uma 4ª para 2 e punt. San Francisco devolveu a bola, mas Blake Countess garoteou. O CB dos Rams cometeu um offside no snap. Falta de cinco jardas. Como era uma 4ª descida para duas jardas, SF ganhou um first down de graça. A campanha terminou no segundo TD corrido da carreira de Brian Hoyer: 7 a 7.

bryan-hoyer-td-rams-x-49ers

O jogo foi tão louco que até Brian Hoyer anotou seu segundo TD corrido na carreira (Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images)

Três: Raheem Mostert

O placar mostrava 14 a 7 para os visitantes após mais um TD de Gurley. San Francisco avançava em campo até que o running back Raheem Mostert sofreu um fumble. Robey-Coleman, aquele mesmo da interceptação, recuperou a bola e devolveu a posse para os Rams. A campanha terminou com um field goal de 48 jardas: 17 a 7 para LA.

Quatro: Tavon Austin

Pela segunda vez os Rams vacilaram nos times de especiais. Em outro punt, Tavon Austin deixou a bola escapar e Kyle Nelson recuperou a bola para os 49ers na linha de 12 jardas. Apesar da excelente posição de campo, SF conseguiu apenas um FG de 36 jardas: 17 a 10.

Antes do intervalo ainda tiveram mais duas pontuações. Robbie Gould com um FG de 48 jardas para os 49ers, e Gurley com seu terceiro TD no jogo para os Rams. LA 24 x 13 SF no halftime.

sammy-watkins-td-rams-x-49ers

Sammy Watkins – saudável – foi aquilo que se espera dele: um espetáculo (Foto: Ben Margot/AP)

Na volta, Greg Zuerlein fez um FG de 19 jardas, após Los Angeles decidir não arriscar uma 4ª para gol na linha de uma jarda (27 a 13). Carlos Hyde anotou um TD de uma jarda para San Francisco (27 a 20). Sammy Watkins recebeu passe de uma jarda de Jared Goff e aumentou a vantagem de LA para 34 a 20. Fim do terceiro quarto.

Cinco: Robbie Gould

A campanha dos 49ers, que já veio do período anterior, começou com uma big play de 50 jardas. Na redzone, Hoyer fez um play action e encontrou o tight end Brett Celek livre para anotar o touchdown na mesma 4ª para uma jarda em que LA chutou field goal antes. Mas o que poderia ser uma desvantagem simples ficou mais complicada. O kicker Robbie Gould errou o ponto extra de 33 jardas e deixou o placar 34 a 26, ao invés de 27. Na sequência, Watkins anotou mais um TD: 41 a 26 para os visitantes.

Seis: Pharoh Cooper

San Francisco fez um touchdown com Trent Taylor e deixou o placar em uma posse de bola, 41 a 33. Com o fim do jogo cada vez mais próximo, tudo o que Los Angeles queria era uma campanha longa para gastar relógio. Mas Pharoh Cooper sofreu fumble no retorno e Aldrick Robertson recuperou a bola para os 49ers já no campo de ataque. Em mais uma 4ª para uma jarda, SF conseguiu o TD com Hyde. Os donos da casa erraram a conversão de dois pontos que empataria o jogo: 41 a 39 para os Rams.

Sete: Special Teams (de novo)

Após uma falta no punt, muffed punt e fumble em retorno de chute, os especialistas dos Rams conseguiram dar mole em outra jogada. Robbie Gould conseguiu um belo onside kick e os 49ers conseguiram recuperar a bola na linha de 50, precisando de poucas jardas para ganhar o jogo com um FG. Mas passes ruins de Hoyer e um false start condenaram a campanha a uma 4ª para 20 jardas, que culminou em um sack de Aaron Donald para recuperar a bola para os Rams.

todd-gurley-td-rams-x-49ers

Em apenas três jogos, Gurley já alcançou a mesma marca de TDs (6) que fez na temporada passada inteira (Foto: Ezra Shaw/Getty Images)

Ao terminar de gastar o relógio, Todd Gurley quase sofreu mais um fumble que daria sobrevida novamente aos 49ers. O animado TNF foi o primeiro 41 a 39 da história da NFL. Aliás, ninguém esperava tantos pontos num jogo de quinta-feira entre dois dos piores ataques da liga no ano passado.

Para os Rams

Nos últimos anos a defesa de LA tem sido o ponto de segurança enquanto o ataque sucumbe. A história começa um pouco diferente em 2017. Jared Goff mostra evolução, frieza na redzone e excelente aproveitamento nos passes longos. Foram 292 jardas, 3 touchdowns, 22/28 nos passes e um rating de 145.8. As principais armas ofensivas também brilharam junto com o QB: Robert Woods com 108 jardas, Sammy Watkins com 106 jardas e 2 TDs, e Todd Gurley com 149 jardas (113 corridas e 39 aéreas) e 3 TDs (2 corridos e 1 recebido).

Los Angeles Rams (2-1), agora líder da NFC Oeste, viaja cheio de moral para enfrentar Dallas (1-1) na Semana 4. Com esse ataque em evolução sob o comando de Sean McVay, sonhar com uma vitória fora de casa contra os Cowboys não é nada demais. Agora, a galera dos times especiais merece uma bronca por quase entregar um jogo ganho e Todd Gurley tem que parar de soltar a bola toda hora.

Para os 49ers

Assim como os Packers, a defesa não é tudo aquilo que pareceu contra os Seahawks. Apesar de ter bons jogadores no front seven, San Francisco ainda sofre com muitos problemas, lesões e claro, falta de experiência dos jogadores jovens. Pelo menos o ataque finalmente funcionou após não anotar TD nas duas primeiras partidas.

carlos-hyde-td-rams-x-49ers

Hyde carregou o ataque dos 49ers, mas teve grande ajuda de Hoyer e Garçon desta vez (Foto: Marcio Jose Sanchez/AP)

Apesar da feia interceptação no primeiro lance, Brian Hoyer se recuperou. Foram 332 jardas, 23/37 nos passes, 2 TDs lançados e 1 corrido. Além de várias big plays com os recebedores que fizeram excelente partida, Marquise Goodwin (62 jardas) e, principalmente, Pierre Garçon (142 jardas). Carlos Hyde foi mais uma vez o termômetro do ataque, 84 jardas e 2 TDs.

Na lanterna isolada da divisão, o San Francisco 49ers (0-3) tem o terceiro confronto seguido contra um rival da NFC Oeste. Dessa vez, viaja até Glendale para enfrentar o Arizona Cardinals (1-1) e tentar evitar um provável 0-4.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Vinícius Mathias

Vinícius Mathias

Jornalista e ala-armador nas horas vagas. Sofre nas ligas americanas com Timberwolves, Jaguars, Sharks e Angels. Se arrepende por não ter escolhido o Seahawks. Chelsea e Alemanha trazem felicidade no futebol, pelo menos. Fã de Aaron Rodgers, Jimmie Johnson, Kevin Garnett, Kimi Räikkönen e de uma Heineken bem gelada.



Related Articles

NFL – Análise da temporada: Tennessee Titans

Por pouco a temporada dos Titans não terminou com final feliz (Foto: Mark Zaleski/AP) Dupla Mariota & Murray brilhou e

NFL – Análise da temporada: New Orleans Saints

Foto: Jeff Roberson/AP Um grande ataque por conta de Drew Brees, mas uma defesa desastrosa; confira como foi a temporada

NFL – Análise da temporada: Atlanta Falcons

Falcons, você disse amarelar? (Foto: Patrick Smith/Getty Images) Um ano perfeito… até o terceiro quarto do Super Bowl; confira como

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido