GP de Cingapura: as falhas da Ferrari ajudam Hamilton no tetra

GP de Cingapura: as falhas da Ferrari ajudam Hamilton no tetra
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Vettel após choque inicial; Raikkonen rodando na pista; Verstappen na fumaça; Ricciardo e Hamilton assistindo de camarote (Foto: AFP Photo/Manan Vatsyayana)

Em um dos circuitos mais icônicos da F1, a Ferrari viveu um pesadelo com largada desastrosa e agora faz as contas até o fim do ano; confira como foi o GP de Cingapura

A má sorte logo na largada chegou no pior momento para Vettel e a equipe italiana. Os 3 pontos de vantagem de Lewis Hamilton se transformaram em 28. Agora é realmente o momento da Ferrari começar a correr se preocupar.

O drama italiano

Quem poderia imaginar que a Ferrari, largando na ponta com um tetracampeão e o favoritismo em pista, não completaria nem sequer uma volta com seus dois pilotos em Singapura?

Max Verstappen fez um bom trabalho para a RBR nos treinos classificatórios e garantiu a largada na primeira fila, mas a zica do holandês (brasileira ou não) estava tão forte que grudou em cima dos dois pilotos da Ferrari, Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel. Que fique claro que dessa vez a culpa não foi só de Max – o finlandês foi quem começou a derrubar a casa. Ninguém foi punido pelo incidente.

Vettel precisaria de 4 vitórias para voltar à liderança do campeonato caso Hamilton seja segundo nos próximos quatro GPs (os pilotos teriam o mesmo número de pontos). Isso sem considerar vitórias de outros pilotos, episódios de abandono e chegadas retardatárias, que poderiam adiantar muito ou adiar ainda mais um possível quinto título do alemão.

Sebastian tem uma média de 8,5 GPs vencidos por temporada em que foi campeão – nesse ano já foram quatro. Logo, é a hora de começar a fazer as contas nos boxes.

Ricciardo tem o que merece

O pódio do australiano – segundo lugar – compensou o sétimo abandono de pista do companheiro de equipe no ano. Max Verstappen costuma se classificar melhor que Daniel Ricciardo nos treinos, mas alguns fatores contribuem para o resultado das suas corridas: o próprio carro, decisões ruins de ultrapassagem e o comportamento de Max. Enquanto isso Daniel Ricciardo reafirma sua habilidade largando atrás e chegando na frente.

O próximo GP traz uma boa lembrança do ano passado para o australiano, uma nova vitória na Malásia não o colocaria na frente de Bottas ainda, mas todo mundo precisa dar uma levantada na moral não é mesmo? 

No meio do furacão Hamilton x Vettel x Bottas, lá está Daniel, se preparando para levar a Red Bull Racing ao topo novamente. Mas, 101 pontos atrás do líder do campeonato, quem sabe no ano que vem.

Hamilton sobe nas das quedas da Ferrari

hamilton-comemora-gp-cingapura

Hamilton comemora sétima vitória no ano em Cingapura (Foto: Reuters/ Jeremy Lee)

No ano passado, Lewis somou 10 vitórias contra nove do ex-companheiro de equipe Nico Rosberg no campeonato – e não é surpresa para ninguém que o inglês coleciona esse recorde mesmo quando não leva a temporada. A questão aqui é: em 2016 Hamilton saiu vitorioso das últimas quatro corridas (EUA, México, Brasil e Abu Dhabi), e a Mercedes tem sido campeã absoluta de fins de campeonato desde 2014.

Em 2008, com outro sistema de pontos, Lewis só precisou de uma corrida vencida no ano para levar o campeonato por um único ponto a mais que Felipe Massa. Mas eram outros tempos e, naquela temporada, todo mundo teve seu pedaço de torta. O inglês tem uma média de sete corridas vencidas por campeonato que levou – e hoje ele completou sua sétima chegada na frente do ano.

Se serve de consolo para os ferraristas, ainda faltam seis circuitos para afirmar ou contestar a matemática.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Izabelle Souza

Izabelle Souza

Estudante de Publicidade, 20 anos, nascida e criada entre Niterói e São Gonçalo. A criança que queria correr na F1, mas acabou nadando até chegar na praia. E ainda bem que chegou! Da areia, não conseguiu evitar se apaixonar pelo surf. Da vida, não foi capaz de separar o trabalho do esporte.



Related Articles

IndyCar: Newgarden a poucas milhas do título

Esta é a quarta vitória de Josef Newgarden na temporada 2017 da IndyCar (Foto: IndyCar/Reprodução) Newgarden correspondeu às expectativas e

Ferrari surpreende e Vettel fatura a primeira corrida do ano

A Ferrari está de volta? (Foto: Getty Images) Sem vencer uma corrida desde 2015, escuderia italiana conquista o primeiro lugar

A Fórmula 1 chega à Europa!

O circuito de Spa-Francochamps, na Bélgica, é considerado por muitos o mais interessante do ponto de vista esportivo (Foto: Wikimedia

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido