Valeu a visibilidade para a Chape?

Valeu a visibilidade para a Chape?
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Chape passou o mês de agosto excursionando pelo mundo (Foto: Divulgação/Chapecoense)

Após amistosos internacionais, a Chape volta a jogar pelo Brasileiro e perde a 3ª seguida; o tempo livre deveria ter sido melhor aproveitado?

Chape x Cruzeiro

Em partida com muitas chances, a experiência do goleiro Fábio, que realizou 5 defesas difíceis e o talento individual de Raniel foram essenciais para o resultado final. O Cruzeiro derrotou a Chapecoense por 2 a 1 na rodada do final de semana, resultado que manteve os celestes no G-6 – e fez a Chapecoense perdesse uma posição na tabela, caindo para décimo oitavo. A Chapecoense amarga mais uma rodada na zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi marcado, principalmente, pelo gol de Rafinha, que aos 45 minutos, recebeu de Raniel na esquerda, cortou o marcador e faz um belo gol. Vale ressaltar a bela defesa de Fábio no lance anterior.

No segundo tempo, aos 17 minutos, Raniel ampliou o placar no rebote de uma bela defesa de Jandrei. Já no final do jogo, aos 38 minutos, Túlio de Melo de cabeça diminui na Arena Condá. Reação da Chape? Que nada, o Cruzeiro segurou a bola e definiu o placar.

raniel-gol-chape-x-cruzeiro

Raniel marcou um e deu assistência contra a Chape (Foto: Renato Padilha/Light Press/Mafalda Press/Cruzeiro)

Excursão da Chape à Europa: valeu a visibilidade?

No início do mês passado, a Chape disputo contra o Barcelona o troféu Joan Gamper. Clima de celebração, Camp Nou lotado, talvez uma das únicas chances daqueles jogadores dividirem espaço com as estrelas que disputam a Champions League. Depois do jogo contra o Barça, a Chapecoense enfrentou a Roma, no Stadio Olimpico. Mais uma vez, o time catarinense não jogou bem e foi goleado. Apesar do mau resultado, Alan Ruschel foi o destaque positivo do clube de Chapecó em ambas as partidas. Desta forma, em mais um amistoso internacional, a Chapecoense divulgou sua marca para o mundo. Mas seria este o melhor momento?

No Brasileirão, a Chapecoense, vem de mal a pior. Ocupando, agora, a décima oitava posição, o clube catarinense vem de três derrotas consecutivas. O time de Chapecó tem ainda a pior defesa do torneio, com 37 gols sofridos em 23 jogos.

Recentemente, Rui Costa – dirigente da Chape – declarou que a Chapecoense irá permanecer na série A. Mas o que está sendo feito para reverter esta situação? Apodi, lateral do clube, já notou que apenas o discurso motivacional não manterá o time na Série A. “Só falar não resolve, temos que trabalhar”, foi a declaração do ala sobre a situação do time.

Aparentemente, decisões equivocadas deixaram o clube na atual situação. Nos últimos 19 jogos, o clube conquistou apenas 15 pontos. O que aconteceu com a Chapecoense? Lamentavelmente, a garra que o time demonstrou e pela qual ficou conhecido desapareceu.

É interessante frisar que o clube se sagrou campeão catarinense no início da temporada. E que o elenco não é assim tão humilde, vide nomes como Reinaldo, Wellington Paulista e Túlio de Mello – que, se não poderiam estar em um time da parte de cima da tabela, já tiveram passagens pela europa.

O tempo não volta e a Chapecoense perdeu semanas valiosas excursionando. O time precisa de uma reação urgente no próximo domingo diante do Grêmio em Porto Alegre. Mas antes, nesta quarta-feira, a Chape tem um grande desafio pela Copa Sul-Americana, competição onde apareceu para a América. O adversário da vez será o Flamengo.

Indo mais além: será que a Chapecoense tem cabeça para jogar a Sul-Americana?

O que vale mais, a visibilidade do clube ou a permanência na Série A?

Atualização: Vinícius Eutrópio demitido

Vinícius Eutrópio foi demitido nesta segunda-feira (Foto: Cleberson Silva/Chapecoense)

Após 17 partidas, o técnico Vinicius Eutrópio deixou o comando do time. O treinador conquistou apenas 4 vitórias pelo clube, com um péssimo aproveitamento: somou apenas 10 pontos em 11 jogos pelo Brasileirão. O treinador deixa a equipe na zona de rebaixamento.

À primeira vista, parece que a diretoria enfim acertou uma.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Matheus Quintan

Matheus Quintan

Estudante de Mídia, apaixonado por esportes. Tentou ser jogador, infelizmente, a habilidade não deixou. Acredita que sabe jogar FIFA e futevôlei. Sangue rubro-negro, sonha em viver do futebol.



Related Articles

Com ou sem Luan, o Grêmio é copeiro

Luan estaria perto da Europa. Foi mesmo uma despedida? (Foto: Lucas Uebel/Grêmio, DVG). Vai ou não vai? Em meio às especulações

Vitória com atuação consistente

Após muita espera, o Fabuloso finalmente marcou seu gol de número 400 (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco) Em jogo animado, Vasco

Entra, mas não repara na bagunça

O San Lorenzo, um dos visitantes indigestos da rodada, meteu logo três na conta do Furacão, que vai ter que

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido