Para surpreender até o mais otimista

Para surpreender até o mais otimista
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Primeira vitória fora de casa do Vasco foi em grande estilo (foto: Agência Estado)

Vasco conquista os primeiros três pontos fora de casa aplicando uma goleada de 4×1 sobre o Vitória, com participação crucial dos meninos da base

Confesso que, ao checar a escalação do Vasco diante do Vitória, senti um receio crescente e comecei a temer pelo pior. O momento era propício ao desespero, principalmente após os últimos acontecimentos: a derrota em São Januário sábado, o triste episódio que ocorreu em seguida nas arquibancadas e, para fechar com chave de ouro, a venda do volante Douglas ao Manchester City, que acabou pegando a todos de surpresa durante a semana.

Em meio a esse cenário de caos, havia mais motivo para preocupação, já que boa parte dos nossos titulares estavam suspensos ou machucados. Sem Gilberto, Nenê e Luís Fabiano, o Vasco foi a campo com um time completamente inusitado. Madson, Ramon, Wagner, Escudero, Thalles, Jomar – todos esses nomes eram novidades, de uma forma ou de outra, e não dava para saber o que esperar. O torcedor do Vasco certamente já está acostumado, nos últimos anos, a esperar o pior. Mas, por algum motivo, tudo deu certo ontem no Barradão.

O Vasco marcou o Vitória em cima, gerou espaços, mas não conseguiu aproveitar muito durante o primeiro tempo – apesar de ter saído para o intervalo vencedor, devido ao gol contra de Kanu -. Na volta para a segunda etapa, o time da casa ensaiou um sufoco e chegou a empatar a partida, mas a apreensão não durou muito. Logo os meninos da base começaram a entrar em ação.

O primeiro foi Thalles, aos 29 minutos, após ótimo passe de Guilherme. O atacante só teve o trabalho de tirar o goleiro, penteando a bola, e depois empurrar para o fundo das redes. Na comemoração, tirou a camisa: talvez uma resposta para as reclamações sobre seu peso. Thalles foi substituído por Paulo Vitor aos 41 minutos, e ele não demorou a mostrar seu cartão de visitas. Aos 46 minutos, o garoto deu um belíssimo chute por cobertura e encobriu o goleiro Fernando Miguel, marcando um golaço!

A base do Vasco da Gama foi essencial no jogo contra o Vitória

Os garotos comemoram um dos gols (foto: Tiago Caldas/Fotoarena)

A essa altura, a torcida do Vasco já estava embasbacada com o resultado: a primeira vitória fora de casa acontecia em grande estilo. Mas Milton Mendes ainda tinha mais uma surpresa. Aos 47, Pikachu deu lugar ao estreante Paulinho, de 16 anos, que se tornou o mais jovem jogador a atuar pela equipe profissional do Vasco. Parecia não ter muito tempo restante para o garoto se destacar, mas ele conseguiu: aos 49, Paulinho tocou para Guilherme na área, e o meia marcou o quarto gol do Vasco no jogo. No fim, nem mesmo o mais otimista dos torcedores imaginaria que, em meio a tanto caos, o Gigante conquistaria sua primeira vitória fora de casa no Brasileirão com a equipe reserva, aplicando uma goleada!

Com o triunfo, o Vasco dormiu na 7ª posição da tabela. O time de Milton Mendes enfrentará o Santos no domingo, às 16h, no Estádio Nilton Santos – de portões fechados. Apesar da vitória de hoje servir para recuperar a confiança da equipe por ora, a confusão do último sábado ainda deve dar bastante dor de cabeça para o cruzmaltino.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Raphaela Reis

Raphaela Reis

Estudante de publicidade, 20 anos, nascida e criada no Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. Apaixonada por futebol e pelo Vasco desde criança, viciada em ler o caderno de esportes do jornal e desafiante oficial dos tios e primos no FIFA. Infelizmente não realizou a fantasia de se tornar a nova Marta, mas hoje busca nas palavras uma forma de se manter conectada ao mundo da bola.



Related Articles

Projeto Flu-Europa: STK Fluminense Samorin

Time conquista terceira divisão eslovaca já contando com jogadores de Xerém (Foto: Divulgação) Tricolor desenvolve projeto ambicioso e pioneiro dentro

Os dois lados da moeda

Uma única partida, dois resultados: motivos de sobra para o Flamengo comemorar e para o São Paulo se preocupar (Foto:

Campanha pela paz: Fogão, a glória é logo ali

A união que faz a força: grupo fechado do Botafogo alcança feitos e mais feitos memoráveis” (Foto: Reprodução/ESPN). Fazendo jus

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido