Dura realidade

Dura realidade
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Retrato fiel da partida: um desfalcado Fluminense correndo atrás de um imponente Grêmio (Foto: André Durão)

Tricolor completa terceiro jogo sem vencer no Brasileirão e vive dilema com excesso de desfalques. É a terceira derrota em três jogos para o time gaúcho

Ao entrar em campo na última quinta-feira para enfrentar o forte time do Grêmio, o Fluminense contou com a ausência de nove jogadores. Sem a presença de nomes que se tornaram muito importantes até aqui como Wellington Silva e Sornoza, Abel Braga precisou quebrar a cabeça mais uma vez para montar um time competitivo com as escassas peças à disposição.

Semana quente nas Laranjeiras

Arrependido, atacante não consegue impedir a derrota, mas faz boa partida após ser centro de polêmicas (Foto: André Durão)

Ao longo da semana uma notícia surpreendeu a todos: às vésperas do duelo contra o Palmeiras, Richarlison recebe uma proposta do próprio e pede para não jogar. Indignado com o assédio feito em cima do jogador, a diretoria do Flu decide encerrar as negociações e critica abertamente a postura do clube paulista. Declarando-se arrependido nas redes sociais, o jovem atacante tinha o jogo contra o Grêmio para se redimir e fazer o torcedor deixar de lado essa questão. Apesar de não ter marcado o gol, fez uma boa partida do ponto de vista tático e recebeu apoio da grande maioria da torcida.

Em meio a isso tudo, a diretoria fez questão de apoiar Richarlison e dar suporte ao jogador, criticando os empresários do mesmo por deixar a situação tomar essa grande proporção. Há quem reclame da atual gestão, mas o que não se pode negar é a forma como ela tem se postado sem medo frente a assuntos polêmicos. Foi assim na questão envolvendo o Maracanã e o Flamengo, e é assim novamente. Parabéns ao presidente!

O jogo

Com um início rápido e pegado, os dois times apresentaram bastante vontade de sair de campo com a vitória. De um lado, o Grêmio queria manter a caça ao líder Corinthians; do outro, o Fluminense queria reencontrar o caminho da vitória e voltar a encostar na parte de cima da tabela. Antes mesmo dos 20 minutos o placar já estava 1×0, com gol impedido e muita reclamação. Após falta cometida por Reginaldo a uma distância considerável do gol, Edílson manda um foguete para marcar um golaço digno do Maracanã e colocar o tricolor gaúcho na frente.

Pouco depois, um lance relativamente simples tomou proporções maiores por conta de alguns detalhes. Após lateral longo jogado na área, a bola é desviada e sobra para Richarlison, impedido, empurrar para o fundo do gol. E aí a polêmica se inicia: em nenhum momento o bandeirinha da partida levantou a bandeira ou demonstrou dúvida no lance. Após muita reclamação por parte dos jogadores gremistas, o árbitro da partida resolve voltar atrás e sinalizar a posição irregular do camisa 70. Recentemente no jogo entre Flamengo e Avaí houve a dúvida se teve ou não interferência externa em um lance polêmico, que é proibido por regra. Mesmo sem comprovações, é difícil imaginar como uma decisão tão convicta pode ser revertida em apenas 1 minuto de conversa.

Passada a polêmica, o Grêmio se recolheu em seu campo de defesa e viu o Fluminense dominar o primeiro tempo, porém sem criatividade para armar jogadas que de fato ameaçassem o goleiro Marcelo Grohe. Com a entrada de Lucas Fernandes no intervalo o Time de Guerreiros até parecia mais empenhado a empatar a partida. Consequentemente os espaços para contra ataques apareceram e em um deles O Imortal sacramentou sua vitória: após falta de Lucas em Fernandinho na entrada da área, o excepcional Luan cobra com maestria no ângulo e garante os três pontos para o bom time comandado por Renato Gaúcho.

Inúmeros desfalques deixam o futuro obscuro

Os Guerreiros precisam manter a união para superar a má fase (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

O Time de Guerreiros teve um início de ano surpreendente. Com a chegada de Abel Braga e dos poucos reforços, porém pontuais, o time adquiriu outra cara e passou a jogar com uma garra e raça há muito não vista, sendo considerado por muitos o melhor futebol do país no início do ano. Contrariando os críticos, o tricolor das Laranjeiras manteve o bom futebol e encheu os torcedores de esperança.

Agora, no meio do ano, o time sofre com a sequência de lesões e vê o técnico Abel Braga se desdobrando para escalar um time competitivo e forte. Chegando ao ponto de precisar colocar jogadores considerados terceiros reservas, o time começa a dar indícios de fraquejo, o que é normal. Eliminado da Copa do Brasil e completando o terceiro jogo sem vencer no Campeonato Brasileiro – 2 derrotas e 1 empate –, Os Guerreiros entram em um momento crucial da temporada: a divisão de águas do Brasileirão e a volta da Copa Sul-Americana. Sem dinheiro para novas contratações, resta ao torcedor a esperança da volta de seus desfalques – que já chegam a nove – e, com eles, a volta do bom futebol visto no primeiro semestre.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Matheus Deccache

Matheus Deccache

Tentado ao lado (rubro)negro da força, não cedeu e se tornou tricolor. Tem um carinho especial pela bola redonda e oval. Durante muito tempo teve o sonho de se tornar um jogador de futebol e vestir a amarelinha. Mais tarde, passou a enxergar com clareza e utilizar as palavras para que todos entendessem sua paixão pelo mundo maravilhoso do esporte.



Related Articles

Um adeus inesperado

Um dos atletas mais identificados com o clube no atual elenco, Luan fará falta (Foto: Rafael Moraes/Agência O Globo) A

Botafogo x Flamengo: é preciso ler nas entrelinhas

Diego teve a melhor chance do jogo, mas esbarrou na trave (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo). Ao final de Botafogo x

Copa do Brasil: Valeu a volta de Ederson e só

A volta do camisa 10 foi o único atrativo da partida (Foto: Divulgação/Flamengo) O jogo do Flamengo desta quarta-feira pela

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido