Warriors evitam virada histórica, derrotam Cavs e conquistam título da NBA

Warriors evitam virada histórica, derrotam Cavs e conquistam título da NBA
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

O Golden State Warriors é o campeão da temporada 16-17 (Foto:Kelley L Cox/USA TODAY Sports)

Curry e Durant combinaram 73 pontos e decretaram a vítoria de Golden State por 129 a 120

Motivados pela façanha feita no ano passado onde viraram uma vantagem de 3-1 dos Warriors, o Cleveland Cavaliers vinha mantendo a esperança viva após uma grande exibição no jogo 4. Mas a adição de um Kevin Durant sedento pelo anel transformou o que já era difícil em uma situação praticamente impossível de se repetir.

E foi exatamente o que aconteceu. KD não deu espaço para LeBron e companhia e infernizou a defesa da equipe de Ohio. Com médias de 35 pontos, 8 rebotes e 5 assistências por jogo, Durant foi escolhido MVP das finais de forma unânime. No jogo de ontem, esteve perto da perfeição, acertando 70% dos arremessos (14 acertos em 20 tentativas).

É claro que ele não fez tudo sozinho. O MVP da temporada 15-16, Stephen Curry fez mais uma grande partida. Andre Iguodala, Klay Thompson e Draymond Green contribuíram e foram fundamentais na marcação, dificultando o trabalho de James, Irving , J.R. e Love.

LeBron que se esforçou muito. O ‘King’ terminou com 41 pontos e encerrou a série sendo o primeiro jogador da história a ter médias de triplo-duplo (33 pontos, 12 rebotes e 10 assistências) nas finais. Ainda assim, não foi o suficiente e agora James amargura sua 5ª derrota nas 8 vezes em que chegou as finais.

Mesmo assim, LBJ não pareceu abatido durante as entrevistas e afirmou que o Cavs estará de volta brigando pelo título no próximo ano. Estaremos de olho nos reforços que poderão chegar. E quanto a Golden State, como será que irão organizar a equipe sem extrapolar o teto salarial imposto pela NBA?

Chegamos ao fim de mais uma temporada e talvez da trilogia Cavs-Warriors. Ou será que teremos mais um capítulo dessa história?

Comemora Kevin Durant! Que o anel de campeão e o título de MVP das finais são seus! (Foto: NBAE via Getty Images)

O Jogo

Se estudando, as equipes erraram bastante no começo. Muito devido ao ótimo trabalho defensivo dos dois lados. Após início favorável dos Warriors, Cleveland se aproveitou de erros do adversário para ganhar ímpeto e assumir a liderança. Com uma arbitragem rigorosa e um jogo pegado, o 1º quarto foi de muitas faltas e turnovers (5 do time da casa e 6 dos visitantes). Mas, mesmo com LeBron no banco descansando, o Cavs conseguiu terminar o período na frente (37 a 33).

No 2º período, a equipe de Ohio esteve melhor, garantindo jogadas de efeito — incluindo uma enterrada de LeBron justamente em cima de Kevin Durant. Porém a resposta de Golden State foi imediata. Iguodala — que havia entrado bem — livre para a cravada, demonstrou todo seu atleticismo. Dessa vez, o ‘King’ foi quem pôde apenas observar o lance. A partir daí o Cavs sofreu um apagão e Golden State conseguiu transformar um placar de menos 8 para um favorável de mais 15. No final, JR Smith ainda conseguiu diminuir um pouco a vantagem, que caiu para 11 pontos de diferença (60 a 71).

Na volta do intervalo, os visitantes foram com tudo para tentar buscar a virada. Se Kevin Love ia mal, J.R. Smith estava com a mão pegando fogo acertando sua quinta bola de 3 seguida, o que diminuiu a diferença para apenas 5 pontos no placar (93 a 98).

Nos 12 minutos finais, Kevin Durant foi responsável por 11 dos 31 pontos do time da casa. Frio e silencioso, o ala tinha a jogada certa para cada vez que o adversário parecia empolgar, dando um banho de água fria nas tentativas do Cavaliers de se manterem vivos. LeBron fez 8 pontos e tentou. Cansado, Irving errou todos os 6 arremessos que chutou. A vantagem foi aumentando, a comemoração também e o placar se definiu (120 a 129). E em casa, o Golden State Warriors pôde comemorar em frente a sua torcida a conquista do quinto título da franquia.

Destaques

Kevin Durant foi mais uma vez o principal destaque da partida. O MVP unânime das finais anotou 39 pontos (14 acertos em 20 arremessos),  7 rebotes e 5 assistências. Steph Curry também foi bem e terminou a noite com 34 pontos, 6 rebotes e 10 assistências.

Vindo do banco, Andre Iguodala fez sua melhor partida nessa pós-temporada. Com 20 pontos, Iggy foi fundamental na marcação e levantou o ginásio com suas enterradas.

Klay Thompson (11 pts e 5 rebs) e Draymond Green (10 pts, 12rebs e 5 asts) não tiveram as atuações que se esperava, mas ainda assim foram importantes — principalmente na defesa.

Do lado de Cleveland, LeBron James fez o possível e o impossível, mas não conseguiu sair com a vitóra. O ‘King’ foi o cestinha com 41 pontos, pegou 13 rebotes e deu 8 assistências.

Com a excessão de Kevin Love, todos os titulares do Cavs fizeram boas partidas. Kyrie Irving anotou 26 pontos e 6 asts. J.R. Smith somou mais 25 e Tristan Thompson terminou a partida com 15 e também 8 rebotes.

Como já foi mencionado, Kevin Love foi a decepção da noite. 30 minutos em quadra, 2 em 8 arremessos tentados e apenas 6 pontos. Até brigou pelos rebotes — conseguiu pegar 10 — mas sua ineficiência ofensiva foi um dos principais motivos da derrota de sua equipe.

Além de Love, o banco do Cavaliers também fez falta. Richard Jefferson e Kyle Korver combinaram para 7 pontos e só. Deron Williams e Iman Shumpert saíram zerados e pouco contribuíram.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Felipe Coelho

Felipe Coelho

Apaixonado por esportes e por redação desde pequeno, demorou a perceber que poderia unir essas duas paixões como forma de viver e se expressar. Se jogou de cabeça relativamente tarde no basquete, mas a partir daí não parou mais. Até se esforça na hora da pelada, mas a habilidade só existe nos videogames mesmo. Nerd de carteirinha, coleciona milhares de horas na Steam. Football Manager player since 2005.



Related Articles

Nem tão favorito como nos últimos anos, Flamengo busca o hexa no NBB

Gigantes rubro-negros vem em busca do hexa (foto: Staff Images/Flamengo) O rubro-negro não teve uma temporada arrasadora, mas terminou a

Curry marca 29 pontos e lidera virada dos Warriors contra os Spurs

Stephen Curry sendo marcado por Tony Parker (foto: Noah Graham/NBAE via Getty Images) Golden State se recupera de péssimo 1º quarto,

Vai e vem da NBA: A Divisão do Pacífico

Alguém pode fazer frente ao Warriors na Divisão do Pacífico? Como aquecimento para o início da temporada, a RISE Esportes

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido