Jogo de 45 minutos

Jogo de 45 minutos
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Os três caras que decidiram o jogo (Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco.com.br)

Após um primeiro tempo pavoroso, Vasco engrenou e conseguiu vencer o Sport em casa por 2×1

Você já teve a chance de assistir a um jogo de futebol que durasse apenas 45 minutos? Pode parecer estranho na teoria, mas foi isso o que presenciamos ontem à noite, em São Januário, quando o Vasco recebeu o Sport, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os primeiros 45 minutos da partida foram totalmente dispensáveis, capazes de dar sono aos insones e desatenção aos atentos. Ambos os times não conseguiam criar, e o que se viu foi a pior atuação do Vasco no campeonato até aqui.

No segundo tempo, o jogo começou de vez quando Milton Mendes resolveu sacar Wellington para dar lugar a Nenê. O camisa 20 deu outra cara ao Vasco, criando jogadas e prendendo o Sport em seu campo de defesa. Além de Nenê, Douglas também subiu de produção, o que ajudou o Vasco a render mais no jogo. Aos 17 minutos, o Gigante foi recompensado: Luís Fabiano marcou um gol de cabeça em jogada que começou nos pés de Nenê e passou pelo garoto Mateus Vital. Com isso, o Fabuloso se tornou o vice artilheiro do Brasileirão, anotando 5 gols em 5 partidas disputadas.

Desempenho fabuloso: nosso camisa 9 tem média de 1 gol por jogo no Brasileirão (Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco.com.br)

A partir dali, o Vasco teve um pouco mais de tranquilidade e só precisou administrar o resultado. Aos 45 minutos, Douglas recebeu um cruzamento de Gilberto e empurrou para o fundo da rede, para alegria da torcida. O 2×0 seria um resultado ótimo para um time que levara 13 gols em 4 jogos. No entanto, o mesmo Gilberto acabou cometendo um pênalti irracional no minuto seguinte, dando ao Sport a chance de diminuir o placar com André, aos 47. Apesar do susto, a partida terminou e o Vasco conquistou os três pontos.

O próximo jogo do cruzmaltino é contra a Chapecoense, fora de casa, na quarta (14) às 21h45. Pelo menos por ora, o Vasco terá tranquilidade para trabalhar após, mais uma vez, afastar o ambiente ruim com uma vitória importante.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Raphaela Reis

Raphaela Reis

Estudante de publicidade, 19 anos, nascida e criada no Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. Apaixonada por futebol e pelo Vasco desde criança, viciada em ler o caderno de esportes do jornal e desafiante oficial dos tios e primos no FIFA. Infelizmente não realizou a fantasia de se tornar a nova Marta, mas hoje busca nas palavras uma forma de se manter conectada ao mundo da bola.



Related Articles

Santos x Barcelona: o fim da invencibilidade

Barcelona bate o Santos na Vila e chega à semi da Libertadores 2017 (Foto: Reprodução/CONMEBOL) A missão do Santos não

A uma vitória da glória

Hoje é dia de rezar para todos os santos e vestir o azul celeste (Foto: Reprodução/Aposta10) Três anos sem títulos

Lugar de Peixe é na liderança.

jogadores do Santos comemoram importante triunfo em casa (Foto: Igor Storti/Santos) Em noite chuvosa no Pacaembu, Santos bate o Santa

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido