Durant brilha e Warriors atropelam Cavs no jogo 1

Durant brilha e Warriors atropelam Cavs no jogo 1
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Kevin Durant em uma das muitas enterradas na partida(Foto:Garrett Ellwood/NBAE via Getty Images)

Após início equilibrado, erros de Cleveland fizeram a diferença. Curry e Durant combinaram para 66 pontos e GSW vence por 113 a 91

Na primeira partida das finais da NBA de 2017, o Golden State Warriors, jogando em casa, atropelou o Cleveland Cavaliers por 113 a 91 na noite desta quinta-feira (01/06).

Com as expectativas em alta devido a terceira final seguida entre as equipes, a expectativa era de um jogo duro e equilibrado. E foi exatamente assim durante os primeiros minutos. Um ritmo extremamente acelerado e emocionante para qualquer fã do melhor basquete do mundo.

A atenção era direcionada a Kevin Durant. Com a polêmica decisão de se juntar ao Warriors em busca do título, o ala se tornou a cereja do bolo dessa mistura de super-estrelas formada pela equipe de Oakland. E ele não decepcionou. Imparável, com 38 pontos anotados mesmo sendo marcado justamente por LeBron James – algoz de sua única final, em 2012 com OKC – pela maior parte do jogo.

LeBron tentou muito trazer seu time para a partida. Mas o “King” errou demais. Dos 20 erros de Cleveland, 8 foram dele. Ainda assim, James fez mais uma partida sensacional com 28 pontos, 15 rebotes e 8 assistências.

Além dos diversos erros, o Cavaliers pecou tanto na parte ofensiva quanto na defensiva. Tirando James, Irving e Love, todo o resto do elenco contribuiu muito abaixo do esperado. Tristan Thompson e JR Smith, ambos titulares, tiveram uma atuação péssima em quadra.

Na defesa, Cleveland prôpos uma tática de evitar a todo custo as bolas de três de Golden State. Porém, isso acabou se tornando uma faca de dois gumes. É verdade que foi eficiente e os Warriors tiveram um aproveitamento de apenas 35% (12 acertos em 33 tentativas). No entanto, na tentativa de evitar um chute da zona morta, a marcação abria uma avenida em direção a cesta. Durant se aproveitou, e por diversas vezes viu-se livre para fazer uma enterrada e levantar a torcida na Oracle Arena.

A expectativa agora é pela segunda partida, marcada para as 21 horas do próximo domingo (04/06) ainda em Oakland, qual será a reação de Cleveland após essa dura derrota e se Durant, Curry e companhia farão outra partida espetacular.

No aguardado reencontro em finais, deu Durant na primeira partida (Foto: Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

O Jogo

O começo foi como se esperava, extremamente equilibrado com as equipes trocando cestas e o placar apertado. Os Warriors tentavam impor sua correria e Cleveland devolvia na mesma moeda. O duelo entre Kevin Durant e LeBron James botava fogo no jogo. Ambos faziam partidas muito boas e colecionavam pontuações altas logo no primeio quarto que terminou em 35 a 30 para os donos da casa.

No entanto, além de Durant, Golden State contou com Steph Curry, Andre Iguodala e até Zaza Pachulia tendo boas atuações. Do outro lado, tirando o Big Three (James, Irving e Love), o resto do elenco do Cavs pouco contribuía. Com muitos erros e  uma marcação desorganizada, os visitantes se perderam em quadra e sofreram muitos pontos de contra ataque, principalmente dentro do garrafão. Ainda assim, conseguiram manter uma diferença relativamente pequena indo para o intervalo (60 a 52).

Na volta, só deu Warriors. Foram 13 pontos seguidos, enquanto o Cavaliers só marcou após quatro minutos do reinício com uma bola de três de LeBron. A vantagem era de 21 pontos, até que Cleveland conseguiu reduzi-la para apenas 12. No entanto, Golden State voltou com o ritmo forte e aplicou 13 a 4 nos minutos finais deixando o placar em 93 a 72.

Pelo último quarto, a situação do jogo não sofreu alterações, a vantagem se mantinha na faixa dos 20 pontos. Restando pouco mais de 4 minutos e sem perspectiva de mudanças, os treinadores colocaram seus reservas em quadra, que trocaram cestas durante o garbage time até o final da partida que consagrou uma vitória maiúscula dos Warriors por 113 a 91.

Destaques

Kevin Durant foi o grande destaque da partida ao flertar com o triplo-duplo anotando 38 pontos, pegando 8 rebotes e distribuindo 8 assistências. Steph Curry também foi muito bem com 28 pontos, 10 rebotes e 6 assistências.

O destaque negativo ficou por conta de Klay Thompson, que mais uma vez teve atuação apagada: apenas três acertos em 16 arremessos e terminou a noite somente com 6 pontos.

Do lado de Cleveland, LeBron James foi o cestinha com 28 pontos, pegou 15 rebotes e deu 8 assistências. Completando o Big Three,  Kyrie Irving fez 24 e Kevin Love 15, e também 21 rebotes.

Negativamente, o pivô Tristan Thompson ficou 22 minutos em quadra e saiu zerado, errando os 3 únicos arremessos que tentou. JR Smith, outro titular, também foi mal e com 28 minutos jogados só fez 3 pontos. Quanto aos reservas, apenas o veterano Richard Jefferson (9 pontos), Iman Shumpert (5 pontos) e Dahntay Jones (7 pontos, porém já no garbage time) contribuíram.

Kyle Korver (20 minutos) e Deron Williams (19 minutos) também terminaram a partida sem pontuar.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Felipe Coelho

Felipe Coelho

Apaixonado por esportes e por redação desde pequeno, demorou a perceber que poderia unir essas duas paixões como forma de viver e se expressar. Se jogou de cabeça relativamente tarde no basquete, mas a partir daí não parou mais. Até se esforça na hora da pelada, mas a habilidade só existe nos videogames mesmo. Nerd de carteirinha, coleciona milhares de horas na Steam. Football Manager player since 2005.



Related Articles

Rockets batem Thunder com arrancada decisiva no final do jogo

Ambos fizeram grande partida, mas Harden levou a melhor (Foto: Reprodução/NBA) No segundo duelo entre os dois candidatos a MVP,

Celtics viram sobre Warriors e alcançam 14ª vitória seguida

Kyrie Irving não teve uma noite inspirada, mas foi decisivo no último período (Foto: Getty Images) No duelo de séries

Novo formato do All-Star Game: ponto pra NBA

LeBron James e Draymond Green poderão se tornar companheiros de time no novo formato do NBA All-Star Game (Foto: divulgação/NBA)

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido