No reencontro de irmãos, Chape fica com o vice da Recopa

No reencontro de irmãos, Chape fica com o vice da Recopa
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Jogadores do Atlético comemoram: goleada construída sem sustos (Foto: Reuters/Fredy Builes)

O Atlético Nacional foi superior durante grande parte do jogo, goleou o Verdão do Oeste e acabou conquistando o título

Se existe uma palavra capaz de resumir o embate final da Recopa, essa palavra é emoção. Foi um reencontro marcado por muitas delas, desde bem antes da bola rolar. Chapecoense e Atlético Nacional, duas equipes que há seis meses vêm vivenciando de perto os ônus de uma das maiores tragédias da história do futebol, tiveram uma semana recheada de homenagens e comoção antes de decidirem quem levantaria a taça. Quando a bola rolou, porém, a irmandade das equipes ficou fora das quatro linhas.

Nacional soberano no primeiro tempo

A Chapecoense não teve muito tempo para aproveitar a vantagem do empate que obteve na partida de ida, na Arena Condá, quando venceu por 2×1. No primeiro minuto do jogo, Daryo Moreno recebeu a bola após bobeada da defesa e bateu para o gol, contando com o vacilo do goleiro Artur Moraes, que deixou a bola passar por baixo do seu corpo. O Atlético abriu o placar e, a partir dali, obteve toda a tranquilidade que desejava para cadenciar o jogo e ditar o ritmo. O gramado pesado por conta da chuva e a pressão da partida inibiram a Chape, que mal conseguia criar jogadas. Aos 35 minutos, Ibargüen marcou o segundo gol e dificultou ainda mais a vida da equipe de Chapecó.

Ambiente amigável: torcidas dos dois times ficaram juntas nas arquibancadas (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Chape volta melhor na última etapa

No segundo tempo, a equipe de Vagner Mancini voltou com Apodi no lugar de Luiz Antônio e animou o jogo, criando mais chances, mas sem oferecer muito perigo. Aos 22 minutos, o time da casa conseguiu ampliar a vantagem no placar com mais um gol de Daryo Moreno, fazendo com que a equipe de Chapecó novamente esfriasse o ritmo e sofresse investidas dos verdolagas. Aos 35 do segundo tempo, Ibargüen marcou o quarto gol e selou de vez o título da Recopa. Túlio de Melo ainda marcaria o gol de honra da Chapecoense aos 38 minutos, sendo aplaudido pela torcida do Nacional no estádio em Medellín, em um dos momentos mais bonitos do jogo. Após o apito final, a festa foi mesmo colombiana.

Atlético Nacional comemora o primeiro título de uma equipe colombiana na competição (Foto: Reuters/Fredy Builes)

Vida que segue

Fechando o capítulo mais triste da sua história com o vice-campeonato da Recopa, agora a Chape precisa olhar para o futuro, que não está tão distante. Já no sábado, a equipe estreia no Brasileirão contra o Corinthians fora de casa, em uma partida difícil. A Chapecoense vai para o Campeonato Brasileiro com o alerta ligado após sua quinta derrota em seis jogos – um fator que Vagner Mancini precisará trabalhar com certa urgência para não passar sufoco na competição.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Raphaela Reis

Raphaela Reis

Estudante de publicidade, 20 anos, nascida e criada no Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. Apaixonada por futebol e pelo Vasco desde criança, viciada em ler o caderno de esportes do jornal e desafiante oficial dos tios e primos no FIFA. Infelizmente não realizou a fantasia de se tornar a nova Marta, mas hoje busca nas palavras uma forma de se manter conectada ao mundo da bola.



Related Articles

Campanha pela paz: um desgosto profundo se faltasse

O título em 2017 seria a coroação de um time recheado de craques montado pela diretoria (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo).

Um brinde ao futebol-raíz brasileiro

(Foto: Pedro Martins/MoWa Press) Seleção Brasileira dá show, é ovacionada pela torcida e é a primeira a garantir a vaga para

Barcelona x Santos: O único invicto

Bruno Henrique celebra o primeiro gol da partida com os companheiros de equipe. (Foto: Dolores Ochoa/AP) Santos sai na frente,

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido