De volta ao Maracanã do surf

De volta ao Maracanã do surf
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Owen Wright garantiu vaga para a próxima fase na repescagem desta quarta, 10 (Foto: Divulgação/ WSL)

A elite do surf mundial voltou à Saquarema após 15 anos e estreou com a ondulação favorita da elite.

O evento foi inaugurado com presença forte de velhos fãs locais extremamente nostálgicos e jovens que nunca tinham visto os melhores do mundo atuando de perto.

Aparentemente, o furacão John John Florence é tão apreciado na pequena cidade fluminense quanto em qualquer outro grande pico de surf ao redor do  mundo. O homem do jersey amarelo foi tietado por um coro que entoava seu nome. O entusiasmo ecoou contra os brasileiros Yago Dora e Miguel Pupo, e lançou o havaiano direto para o terceiro round.

A primeira fase iniciou com uma constante das duas últimas duas etapas: baixa performance de Medina. O heat entre o brasileiro, Nat young e Ezekiel Lau favoreceu o norte-americano, que avançou direto para o terceiro round. O brasileiro, mais uma vez, desempenhou somente uma pequena parcela de sua capacidade, mas não se pode colocar a culpa inteiramente em Medina: Young está em crescente no CT e tem mostrado o suficiente para entrar nas apostas. Porém, a repescagem contra o wildcard Jesse Mendes, trouxe a maré que Medina não encontrou em Margaret River e Bells Beach. O goofy se recuperou, venceu e a partir de agora precisa correr atrás da única chance de ser campeão em casa nesta temporada.

O segundo heat do primeiro round só tinha como dar Brasil, literalmente. Contra Jadson André e Wiggolly Dantas, Mineirinho performou seu surf campeão e provou que, não importa o pico, ele nunca decepciona; Ainda no primeiro round, Filipe Toledo passou por cima de Ethan Ewing e Frederico Moraes, e avançou para o terceiro round, mesma fase em que Ian Gouveia surpreendeu na proporção que Matt Wilkinson deixou a desejar. Mas o australiano, em seguida, cresceu na repescagem e deve disputar o heat de número 9 na próxima fase.

O segundo round volta amanhã, dia 11, na disputa do quarto heat: Michel Bourez vs. Jadson André.

Até agora, para o terceiro round está definido:

H1- Adriano de Souza (regular)

H3- Gabriel Medina (goofy)

H6- John John Florence vs. Yago Dora (regulares)

H7- Jordy Smith (regular)

H9- Matt Wilkinson (goofy)

H12- Owen Wright (goofy)

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Izabelle Souza

Izabelle Souza

Estudante de Publicidade, 20 anos, nascida e criada entre Niterói e São Gonçalo. A criança que queria correr na F1, mas acabou nadando até chegar na praia. E ainda bem que chegou! Da areia, não conseguiu evitar se apaixonar pelo surf. Da vida, não foi capaz de separar o trabalho do esporte.



Related Articles

John John vence em Margaret River com performance épica

Foto: A maior promessa (ou realidade) do surf destruiu em Margaret River (Foto: Divulgação/ WSL) O havaiano deu show e

WCT Masculino: o quê esperar de 2017

Gabriel Medina no Quiksilver Pro Gold Coast, em 2014 (Foto: ASP/Kirstin Scholtz). As expectativas para a WSL Championship Tour (WCT),

Outerknown Fiji Pro: Medina e a sina de cair para Ítalo Ferreira

Ian Gouveia rasga sua hegemonia em cima do campeão (Foto: WSL/Kelly Cestari) Medina freguês, Wilkinson faminto, Ian Gouveia com seu troco

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido