Spurs devolvem massacre ao Rockets e empatam a série

Spurs devolvem massacre ao Rockets e empatam a série
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Kawhi Leonard deu um show e anulou o principal jogador do Rockets: James Harden (Foto:Mark Sobhani/NBAE via Getty Images)

Em jogo intenso e equilibrado até o último período, Spurs anularam James Harden e venceram por 121 a 96

No duelo válido pela segunda partida da série melhor de 7 das semifinais da Conferência Oeste, o San Antonio Spurs devolveu a pesada derrota do jogo 1 e venceu o Houston Rockets em casa por 121 a 96, na noite da última quarta-feira (03/05).

As mudanças propostas pelo técnico Gregg Popovich para o jogo 2 surtiram efeito. Pau Gasol foi titular no lugar de David Lee e ajudou a construir a consistência defensiva da equipe (13 rebotes e 4 tocos). Enquanto na marcação individual, Kawhi Leonard foi instruído a parar James Harden e fez um excelente trabalho, anulando a principal ameaça de Houston.

Era para ser uma noite especial para Tony Parker. Além de fazer uma boa partida, os 18 pontos anotados garantiram a entrada do armador em um seleto grupo de jogadores com mais de 4 mil pontos e mil assistências na pós-temporada. Além dele, completam o grupo: LeBron James, Michael Jordan e Kobe Bryant.

No entanto uma infelicidade pegou todos de surpresa. Parker caiu de mau jeito e imediatamente desabou, sentindo muitas dores no joelho esquerdo. Carregado para fora da quadra pelos companheiros de equipe, não voltou mais para a partida causando preocupação a torcida e ao treinador Gregg Popovich. O San Antonio Spurs comunicou que o francês passaria por exames detalhados na quinta-feira (04/05) que apontariam a gravidade da lesão.

Com a série empatada, o próximos dois duelos acontecerão no Toyota Center, em Houston. O jogo número 3 está programado para ocorrer na próxima sexta-feira (05/05) às 22h30. Enquanto o quarto encontro, será no domingo (07/05) às 21 horas. Ambos, no horário de Brasília.

Tony Parker sofreu lesão no joelho esquerdo e teve que sair de quadra carregado por seus companheiros (Foto: Jerry Lara/San Antonio Express-News)

O Jogo

O início foi alucinante. Os Spurs começaram com tudo, tentando impor um jogo veloz, característica de seus adversários. Defendendo muito bem, a equipe da casa conseguiu construir uma leve superioridade, enquanto os visitantes buscavam ao máximo tentar encostar no placar. Na metade do quarto, Ryan Anderson tinha anotado 10 dos 19 pontos de Houston. Enquanto, James Harden tinha acertado apenas uma bola de 3 logo no início. Placar parcial 33 a 30 para San Antonio.

O segundo quarto foi uma montanha-russa na pontuação. Quando os Rockets encostavam, os Spurs voltavam a abrir vantagem. Após uma falta em cima de Leonard, a torcida local passou a pegar no pé do “barba”. Coros de “MVP” para Kawhi — clara provocação a Harden — e vaias para a estrela de Houston ecoavam pelo ginásio. Pilhado, o ala-armador cometeu erros, faltas e perdeu algumas posses de bola, se irritando ainda mais. O time da casa aproveitou e conseguiu deixar uma diferença de 10 pontos indo para o intervalo (65 a 55).

Os Rockets voltaram melhor, diminuindo a vantagem dos Spurs para 5 pontos. Harden começava a despertar e parecia que ia engrenar para o fim do jogo. O barba conseguiu encaixar uma bola de três, distribuiu uma bela assistência que terminou na enterrada de Nenê e ainda cavou duas faltas que lhe garantiram 6 lances livres no total. No fim do período, a diferença se manteve em 5 pontos (88 a 83).

Com Harden descansando no banco, a equipe de Houston se complicou. Foram quase 4 minutos sem marcar. Enquanto isso, San Antonio conseguiu marcar 9 pontos, elevando a vantagem para 14. Aos 9 minutos, uma fatalidade. Na tentativa de uma cesta, Tony Parker, acabou pisando em falso e desabou no chão. Sentindo muitas dores no joelho esquerdo e sem conseguir se sustentar, o armador teve que ser carregado pelos companheiros e não voltou para a quadra. Contudo, sua presença não foi necessária. Kawhi tomou conta da partida e liderou o time da casa, que abriu 30 pontos de superioridade no placar. Foi um massacre de San Antonio (33 a 13) na pontuação no último período. Em uma situação delicada e com pouco tempo restando, o técnico Mike D’Antoni resolveu jogar a toalha ao colocar os reservas em quadra. Com o resultado decretado, as equipes trocaram cestas e a diferença se manteve praticamente a mesma até o relógio zerar.

Destaques

Kawhi Leonard foi o cestinha e o homem do jogo. Com 34 pontos, 8 assistências, 8 rebotes e 3 roubos de bola, o ala liderou a equipe de San Antonio a uma grande vitória. Além dele, Tony Parker com 18 pontos, LaMarcus Aldridge (15) e também 8 rebotes e o reserva Jonathon Simmons (14) foram os demais destaques.

Pau Gasol teve a oportunidade de começar como titular, mas não apresentou uma boa partida ofensiva. Fez somente 6 pontos e teve um aproveitamento ruim (3 acertos em 11 arremessos). Por outro lado, teve uma presença gigante na parte defensiva, principalmente no garrafão. Ao todo, ele pegou 13 rebotes e deu 4 tocos importantíssimos.

Pelo Houston Rockets, a estrela da equipe, James Harden teve uma atuação apagada. Errando muito (apenas 3 acertos em 17 arremessos), o ala-armador contribuiu com 13 pontos, 10 assistências e 7 rebotes. O destaque foi Ryan Anderson que teve uma noite inspirada. O ala-pivô anotou 18 pontos e 8 rebotes, errando somente 2 dos 9 arremessos que tentou. Os outros destaques do Rockets foram: Eric Gordon com 15 pontos, Clint Capela (14), Patrick Beverley (12) e o brasileiro Nenê (10).

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Felipe Coelho

Felipe Coelho

Apaixonado por esportes e por redação desde pequeno, demorou a perceber que poderia unir essas duas paixões como forma de viver e se expressar. Se jogou de cabeça relativamente tarde no basquete, mas a partir daí não parou mais. Até se esforça na hora da pelada, mas a habilidade só existe nos videogames mesmo. Nerd de carteirinha, coleciona milhares de horas na Steam. Football Manager player since 2005.



Related Articles

A surpreendente decisão de Kyrie Irving

Kyrie Irving estaria cansado de ser o “Robin” de LeBron James (Foto: Gregory Shamus/Getty Images) Insatisfeito com a posição de

Experiência será a arma do Vasco nos Playoffs

Nezinho atuando contra o Pinheiros. Desempenho do armador será fundamental (foto: Thiago Moreira/Vasco) Primeiro confronto contra o Pinheiros, válido pelos

Blazers vencem Spurs com cesta no estouro do cronômetro

Os nomes do jogo: Noah Vonleh e Shabazz Napier (Foto: NBA) A grande atuação de Shabazz Napier foi fundamental para

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido