Alívio na Baviera, frustração em Leipzig: a 30ª rodada da Bundesliga

Alívio na Baviera, frustração em Leipzig: a 30ª rodada da Bundesliga

Mais uma vez abaixo das expectativas, Bayern de Ancelotti fica no empate com Mainz (Foto: Reuters)

Após eliminação para o Real Madrid na Champions, Bayern ficou no empate com o Mainz, mas viu o RB Leipzig tropeçar no Schalke 04

Com mais uma rodada disputada neste fim de semana, agora restam quatro jogos para o fim da Bundesliga. E se o Bayern parecia ter alguma preocupação em relação a perder o título para o surpreendente Leipzig, esta provavelmente sumiu após o empate dos adversários contra o Schalke 04. Com o resultado, somado ao empate do Bayern contra o Mainz, os bávaros seguem com vantagem de oito pontos, com doze ainda em disputa. Ou seja, tudo parece definido na parte de cima. Por outro lado, a briga para não cair segue a todo vapor. Acompanhe o resumo da 30ª rodada da Bundesliga a partir de agora.

Allianz Arena – Bayern 2 x 2 Mainz

Após a eliminação dolorida para o Real Madrid na Champions League, a expectativa da torcida do Bayern de Munique era de uma boa vitória no confronto com o Mainz, que ocupa apenas o 13º lugar na classificação com 33 pontos e se vê cada vez mais ameaçado de rebaixamento. No entanto, o que se viu foi totalmente diferente. Precisando da vitória, os visitantes foram pra cima e calaram a torcida local com um gol logo aos três minutos, marcado pelo eterno flop Bojan, que aproveitou vacilo de Rafinha e Vidal.

Na sequência, as duas equipes tiveram chances de marcar, mas o Bayern chegou ao empate aos 16 minutos, após bom contra-ataque puxado por Ribéry para cruzamento de Robben. O holandês não perdoou. Após o gol de empate, o jogo ficou mais morno, mas aos 40 minutos, outra surpresa: Mutu recebeu bola na área e foi derrubado por Kimmich. Na cobrança, Brosinski bateu e venceu o goleiro Ulreich para dar ao Mainz a vantagem na etapa inicial. Antes do intervalo, quase deu tempo do terceiro gol após erro de Ulreich, mas o jogo foi para o intervalo com 2 a 1 no placar.

Na etapa final, o Mainz não conseguiu mostrar o ímpeto na marcação e na criação que marcou a equipe durante o primeiro tempo. O resultado foi uma presença maior do Bayern no ataque, que perdeu boas chances com Vidal, Coman e Lewandowski e passou a tomar conta da partida. Contudo, coube ao brasileiro Thiago Alcântara a tarefa de empatar o jogo para os anfitriões em uma bela jogada.

Depois do gol, a equipe de Munique ainda chegou ao ataque com perigo em algumas oportunidades, mas foi incapaz de furar a zaga do Mainz. Mesmo com 19 finalizações e com incríveis 75% de posse de bola, os comandados de Ancelotti não fizeram o gol da vitória e o jogo terminou mesmo em 2 a 2. Resultado muito importante para o Mainz na briga para não cair.

Veltins-Arena – Schalke 04 1 x 1 RB Leipzig

Huntelaar marca de cabeça e afasta cada vez mais troféu de Leipzig (Foto: Bongarts/Getty Images)

Outro jogo importantíssimo na briga pelo título foi disputado entre o Schalke 04, que ainda sonha com vaga na Europa League e o RB Leipzig – este sim com condições de brigar pelo troféu. Sabendo do empate do Bayern contra o Mainz, vindo de quatro vitórias consecutivas e com um confronto direto por jogar, os visitantes tinham a chance de diminuir a distância em relação ao líder para seis pontos, tentando dar um gás final rumo ao título.

Mesmo com toda a expectativa, o “time mais odiado” por suas origens empresariais e também o mais surpreendente da competição não conseguiu os três pontos. Apesar disso, quem saiu na frente foi o própio Leipzig: aos catorze minutos da etapa inicial, Bernardo conseguiu bom cruzamento para o artilheiro Timo Werner completar para o gol.

Mesmo com o gol, a partida foi sempre equilibrada. O Leipzig teve 52% de posse de bola, vantagem pouco expressiva, além de ter finalizado menos (9, contra 11 do Schalke). A propósito, a qualidade de finalização das duas equipes foi pífia: ambas acertaram apenas um chute a gol.

E foi justamente no único chute a gol do Schalke, no início do segundo tempo, que o sonho de título do Leipzig foi praticamente por água abaixo. No primeiro minuto da etapa final, Caligiuri acertou bom cruzamento e o experiente Klaas-Jan Huntelaar mandou para o fundo da rede com a cabeça, decretando o placar final de 1 a 1. Com o resultado, o Leipzig precisa vencer pelo menos três dos últimos quatro jogos para continuar sonhando com o título. Em contrapartida, o Schalke fica a seis do Freiburg, primeiro time na zona de classificação para os torneios europeus. Situação complicada para a equipe de Gelsenkirchen.

Mage Solar Stadion – Freiburg 2 x 1 Bayer Leverkusen

Freiburg conquista vitória importante e está cada vez mais perto da Euorpa (Foto: Bundesliga)

Outro jogo interessante que mexeu com a parte de cima da tabela foi disputado pelo também surpreendente Freiburg contra o Bayer Leverkusen. Com a vitória, a equipe da casa manteve a sexta colocação com 44 pontos. Em caso de derrota, o time da casa seria ultrapassado pelo Werder Bremen, que venceu na rodada e está com 42 pontos. Por outro lado, o Bayer Leverkusen perdeu a chance de conquistar um bom resultado após o empate valioso contra o Bayern e tentar uma arrancada final rumo a Europa League. Com a derrota, a equipe segue com 36 pontos, na 12ª posição.

As duas equipes alinharam no 4-4-2, mas isso não significou um jogo truncado, apesar do equilíbrio. Os dois times tiveram onze finalizações e, mesmo com maior posse de bola do Leverkusen (58%), o Freiburg foi quem aproveitou melhor suas chances. E fez questão de fazê-lo desde o início de jogo, quando Pedersen abriu o placar aos onze minutos com um bonito chute após passe em profundidade de Frantz. Depois do gol, a tônica do primeiro tempo se deu com a equipe de Leverkusen mais ofensiva e buscando o empate, especialmente com a dupla Brandt e Havertz – aquele mesmo que perdeu um jogo da Champions League por conta de uma prova na escola.

Mesmo com todas as tentativas na etapa inicial, o gol de empate dos visitantes só foi sair aos 15 da etapa final, quando o jogo parecia mais morno. Após cobrança de escanteio, Ignjovski cometeu falta na área: pênalti. Na cobrança, Volland deslocou o goleiro e mandou para o fundo das redes, deixando tudo igual para os leões. Depois do gol, mesmo Volland quase conseguiu virar a partida, mas parou na trave. O lance parece ter dado ânimo ao Freiburg, que partiu para cima e perdeu várias chances.

Com todas as tentativas da equipe da casa, uma hora o gol teria que sair. Dito e feito: aos 43 do segundo tempo, Nielsen achou Stenzel na ponta direita e o atleta bateu cruzado para vencer o goleiro e levantar os 24 mil torcedores no estádio. Com a vitória, o Freiburg mantém a posição e evita entrar no “bolo” de equipes que disputam posições entre si, que vai do Werder Bremen (7º, com 42 pontos) ao próprio Leverkusen (12º, com 36).

Outros jogos

Raphael Guerreiro martelou e achou o gol da vitória do BVB nos minutos finais (Foto: Bongarts/Getty Images)

Monchengladbach 2-3 Dortmund: No duelo entre Borussias, melhor para os visitantes, que venceram graças a um gol de Raphael Guerreiro nos minutos finais. Reus abriu o placar de pênalti aos 10 minutos, mas Stindl e Schmelzer (contra) viraram para o time da casa. No segundo tempo, Aubameyang empatou e o jovem português fez o gol da vitória aos 42. Com o resultado, o Dortmund agora ocupa o terceiro lugar, enquanto o Monchengladbach caiu para o décimo.

Eintracht Frankfurt 3-1 FC Augsburg: Os visitantes saíram na frente com gol de Gouweleeuw aos nove minutos, mas Marco Fabián (duas vezes) e Rebic (nos acréscimos) garantiram a virada dos donos da casa. O Frankfurt subiu para a nona posição e o Augsburg não conseguiu sair da posição de disputa de play-off contra o rebaixamento.

FC Ingolstadt 2-4 Werder Bremen: Grande beneficiado dessa rodada na briga por Europa League, o Werder viajou para enfrentar o Ingolstadt e se deu bem, com show do atacante Kruse. Lezcano abriu o placar e deu esperança a equipe da casa, mas Kruse marcou de pênalti, nos acréscimos da etapa inicial. No segundo tempo, Gross desempatou para a equipe da casa. Apesar disso, Kruse marcou um incrível poker com três gols depois dos oitenta minutos (81, 84 e 90+4, respectivamente), assegurando a vitória. Com o resultado, o Werder é o 7º e o Ingolstadt é o 17º.

Hamburgo 1-2 Darmstadt SV: Os lírios resolveram dar seu último suspiro na Bundesliga, evitaram o rebaixamento matemático e ainda complicaram a vida do Dino. Mesmo com poucas chances, Sulu e Platte marcaram em sequência no início da etapa final. Nos acréscimos, Holland fez contra e deu uma réstia de esperança ao Hamburgo, mas foi só. Com o resultado, a equipe da casa está a apenas um ponto dos playoffs de rebaixamento. Já para o Darmstadt, a situação é praticamente impossível: são necessários doze pontos nos quatro jogos restantes.

Hertha Berlim 1-0 Wolfsburg: As duas equipes vivem má fase na competição, mas o time da casa ocupa o lugar, enquanto os visitantes amargam a 14ª posição. Melhor para a equipe da capital, que foi razoavelmente superior na partida e venceu com um gol de Ibisevic aos 14 minutos da etapa final, em um jogo cheio de cartões amarelos.

Colônia 1-1 Hoffenheim: Em partida de duas equipes que estão na parte de cima da tabela, nenhum dos dois lados levou a melhor. Bittencourt abriu o placar para a equipe da casa aos treze da etapa final, mas uma partida tão equilibrada não merecia um perdedor. Por isso, Demirbay empatou aos 48 do segundo tempo, fazendo a festa dos visitantes. Mesmo com o gol tardio, o Hoffenheim caiu para o quarto lugar. O Colônia ocupa a oitava posição.

Breno Peçanha

Breno Peçanha

Natural de São Gonçalo, estudante de jornalismo na UFF e estagiário do Globoesporte.com. Vascaíno fanático e torcedor do Leeds United em solo europeu, além de simpatizar com o St. Pauli na Alemanha. Uma das coisas que mais gosto é ler e contar histórias do futebol que pouca gente conhece, especialmente se der para colocar humor. Introvertido, apesar de tudo.



Related Articles

Sete atos em Munique: Como o Bayern sucumbiu diante da inteligência do Real Madrid de Zidane

Foto: Sven Hoppe (AP) A equipe bávara começou melhor e teve a chance de matar o confronto na ida, mas

Raio-X: Em busca do sonho europeu, os gigantes alemães seguem no jogo

Aurinegros, Bávaros e Azuis-Reais terão jogos complicados. Por incrível que pareça, o Schalke é o mais favorito deles A caminhada até

Leipzig: o Leicester Way of Life?

Imagem emblemática como a temporada em Leipzig: time unido, placar expressivo ao fundo, mas muito campo para correr pela frente

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido