Nadal vence Monte Carlo pela 10ª vez e consolida favoritismo para Roland Garros

Nadal vence Monte Carlo pela 10ª vez e consolida favoritismo para Roland Garros
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Nadal é favorito à Roland Garros (Foto: Claude Paris/Agência France Press Photo)

Em jogo tranquilo, o Toro Miúra bate Ramos-Vinolas e espanta a zebra monegasca

O espanhol Rafael Nadal mostrou o porquê do apelido de rei do saibro e venceu com facilidade o compatriota Albert Ramos-Vinolas por 2 sets a 0 (6/1 e 6/3), se tornando o primeiro tenista na história a conquistar dez vezes um mesmo torneio Masters, na sua décima segunda final no principado de Mônaco.

Número 24 do mundo, Ramos-Vinolas, que havia eliminado na mesma semana dois tenistas do top 10 – Andy Murray (1) nas oitavas e Marin Cilic (8) nas quartas – não conseguiu repetir o bom desempenho e foi presa fácil para o Toro Miúra. Impecável no primeiro set, Nadal aproveitou a insegurança e o começo sonolento de Vinolas para tomar conta do jogo, buscando o fundo da quadra e impondo seu ritmo intenso. Após desperdiçar duas quebras de serviço no primeiro saque de Vinolas, Nadal venceu todos os games seguintes fechando o primeiro set em 6-1 com tranquilidade.

No segundo set, Vinolas trocou a camisa branca pela azul e finalmente acordou para o jogo, confirmando seu primeiro serviço e buscando prolongar a duração dos pontos, único momento na partida onde Vinolas conseguiu sobressair de alguma maneira. Mesmo assim, Nadal seguia confirmando seu serviço sem ser ameaçado. No quinto game, o Toro Miúra aumentou um pouco o ritmo, conseguiu sua primeira quebra e aproveitou os erros não forçados de Vinolas para administrar a vantagem até quebrar novamente seu saque no penúltimo game da partida e sacar para fechar o set em 6-3 e o jogo em 2 sets a 0.

Com a terceira vitória em três jogos disputados contra Ramos-Vinolas, Nadal sobe do 7º para o 5º lugar no ranking da ATP, ultrapassa o japonês Kei Nishikori e o canadense Milos Raonic e chega ao 70º título na carreira, o de número 50 no saibro, superando o lendário argentino Guillermo Vilas e se tornando o maior campeão da história no piso de terra batida. Além disso, com o título em Mônaco, o Toro Miúra ganha motivação extra para buscar seu décimo título também em Roland Garros a partir do dia 28 de maio onde, apesar de não vencer desde 2014, é o maior vencedor e desponta como principal favorito à conquista do torneio.

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Igor Oliveira Simões

Igor Oliveira Simões

Aspirante a jornalista, escreve por prazer e necessidade. Apaixonado por esportes, gente e boas histórias. Observador 24 horas por dia e cronista nas horas vagas, alterna-se entre copos de café e cerveja, é otimista por natureza, realista por experiência e acredita no esporte para além do entretenimento, como possível ferramenta de transformação social.



Related Articles

Nadal conquista Paris pela sétima vez em 10 anos

Nadal consagra uma grande temporada erguendo a taça em Roland Garros (Foto: Corinne Dubreil/FFT). Com atuação impecável, Nadal não dá

Halep confirma o favoritismo e faz final inédita em Paris

Gustavo Kuerten foi homenageado no complexo de Roalnd Garros pelos 20 anos de seu primeiro título (Foto: Getty Images) Jelena

No duelo dos helvéticos, a classe de Federer falou mais alto

Os dois tenistas se cumprimentam antes da partida (Foto: Billie Weiss/BNP Paribas Open) Federer derrota compatriota em Indian Wells e

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido