Warriors atropelam Trail Blazers e abrem 2 a 0 na série

Warriors atropelam Trail Blazers e abrem 2 a 0 na série
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Draymond Green e Stephen Curry lideraram vitória dos Warriors (Foto: Noah Graham/NBAE via Getty Images)

Mesmo sem Durant, Golden State não tomou conhecimento e venceu o Portland com facilidade

Na madrugada desta quinta-feira (20/04), o Golden State Warriors deu um show e derrotou o Portland Trail Blazers, por 110 a 81, na Oracle Arena. Apesar dos desfalques de Kevin Durant, Matt Barnes e Shaun Livingston, todos com lesões leves, a equipe de Oakland não sentiu dificuldades e contou com boas contribuições de seus principais jogadores para conquistar a vitória. O pivô JaVale McGee foi um dos destaques, finalizando pontes aéreas no ataque e distribuindo tocos na defesa.

A partida expôs as fraquezas do time do Oregon, que teve seus dois melhores jogadores presos na marcação e com atuações para se esquecer. Além disso, o garrafão do Trail Blazers sente muito a falta do bósnio Jusuf Nurkić, que se recupera de lesão. E apesar de já estar treinando, o pivô ainda não tem data para voltar às quadras.

Do outro lado, o técnico Steve Kerr espera poder contar com a volta de seus lesionados para o próximo duelo, embora seja possível que ele opte por preservar Durant por mais um jogo.

Com as duas vitórias, Golden State fez valer seu mando de quadra e se aproxima cada vez mais da classificação. Já o Portland, terá a dura missão de buscar resultados em casa para se manter vivo na competição. As estatísticas não são favoráveis, já que os Warriors só perderam um dos últimos 12 confrontos entre as equipes. O jogo 3 acontecerá no próximo sábado (22/04), enquanto o quarto duelo ocorrerá na segunda-feira (24/04).

Damian Lillard não conseguiu repetir o desempenho da primeira partida (Foto: Bruce Ely)

O Jogo

Portland começou melhor nos primeiros minutos, mas logo a intensidade de Golden State tomou conta da quadra. Três bolas de três pontos fizeram a virada do time de Oakland. Do outro lado, McCollum estava tendo uma péssima atuação, com apenas um acerto em seis tentativas. Damian Lillard se esforçava para manter sua equipe viva. O armador fez 10 dos 17 pontos do Trail Blazers no primeiro quarto, que fechou em 24 a 11 para os donos da casa.

Os visitantes insistiam em bolas forçadas de três pontos, mesmo apresentando um aproveitamento muito abaixo da média (4 acertos em 19 tentativas). O que salvava Portland eram os rebotes ofensivos, que foram bem trabalhados nesse período, aproveitando as falhas defensivas de Golden State no garrafão. Com isso, os Trail Blazers chegaram a encostar no placar, deixando a diferença em um ponto (43 a 42). Porém, a recuperação parou por aí e os californianos encerraram o primeiro tempo na frente (55 a 46).

A equipe de Oakland voltou com tudo após o intervalo, abrindo 7 a 0 e obrigando o pedido de tempo do treinador de Portland, Terry Stotts. Não funcionou. Os visitantes continuaram completamente perdidos em quadra, errando muitos chutes e marcando mal. Foram quatro minutos sem pontuar. No lance mais marcante do período, Damian Lillard tentou a infiltração e tomou um tocaço de Klay Thompson, que no contra-ataque recebeu de Steph Curry e marcou mais uma bola de três para sua equipe.

No início do último quarto, Golden State abriu 30 pontos de vantagem (92 a 62). O desempenho desastroso de Portland no aproveitamento geral (33%) e no de 3 pontos (20%) garantiu o passeio comandado por Curry, que nem precisou usar todo seu arsenal ofensivo. Restando 10 minutos para o final do jogo e com o resultado praticamente definido, Terry Stotts jogou a toalha colocando seus reservas em quadra. A partir daí, o placar não variou muito e a vitória dos Warriors foi concretizada.

Destaques

O atual MVP, Stephen Curry foi o cestinha ao anotar 19 pontos, 6 rebotes e 6 assistências. Klay Thompson (16) e JaVale McGee (15) completam a lista de melhores pontuadores de Golden State. Draymond Green contribuiu com apenas 6 pontos, mas fez grande partida ao pegar 12 rebotes, distribuir 10 assistências e ainda dar 3 tocos.

Maurice Harkless com 15 pontos, foi o principal pontuador do Trail Blazers. Destaque negativo para a dupla de armadores: Damian Lillard e C.J. McCollum. No primeiro jogo da série, ambos combinaram para 75 pontos. Nesse segundo duelo, fizeram apenas 23.

Catch-and-Shoot:

O Washington Wizards derrotou o Atlanta Hawks por 109 a 101, no Verizon Center. Com duas vitórias na série, ambas em casa, o time da capital norte-americana abre vantagem e joga a pressão em Atlanta. John Wall (32 pontos e 9 assistências) e Bradley Beal (31 pontos)  lideraram o triunfo dos Wizards. O pivô Paul Millsap marcou 27 pontos e ainda pegou 10 rebotes. Se juntam a ele, Dennis Schroder (23) e Tim Hardaway Jr. (19) como os principais pontuadores do Hawks.

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Felipe Coelho

Felipe Coelho

Apaixonado por esportes e por redação desde pequeno, demorou a perceber que poderia unir essas duas paixões como forma de viver e se expressar. Se jogou de cabeça relativamente tarde no basquete, mas a partir daí não parou mais. Até se esforça na hora da pelada, mas a habilidade só existe nos videogames mesmo. Nerd de carteirinha, coleciona milhares de horas na Steam. Football Manager player since 2005.



Related Articles

Vasco erra no final e perde para o Pinheiros por 81 x 78

O Pinheiros de Desmond Holloway levou a melhor sobre o Vasco de David Jackson (Foto: Daniel Vorley/Pinheiros) Cruzmaltino precisa vencer

Os dois lados da moeda na troca Irving-Thomas

Kyrie em Boston ou Isaiah em Cleveland, quem saiu ganhando? (Foto: Ron Schwane/AP Photo) Após a troca bombástica, como ficam

Em jogo morno, Warriors vencem os Rockets em Oakland

Curry marca Harden em noite discreta do barbudo (foto: Houston Rockets Facebook) Com atuação discreta de Harden, o time de

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido