Rip Curl Pro Bells Beach: Filipinho gabarita no 1º round e Medina e Mineirinho também avançam

Rip Curl Pro Bells Beach: Filipinho gabarita no 1º round e Medina e Mineirinho também avançam
FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Filipe Toledo dominando Bells Beach (Foto: Divulgação/WSL)

O brasileiro voa e garante destaque com performance incrível nota 10 dos juízes.

Dia frio e chuvoso na estreia da última etapa da tríade australiana. O mar, infelizmente, calmo demais. Mas também não quer dizer que Bells Beach perdeu o gosto doce que os competidores sentem ao tocar o sino da vitória.

Os heats começaram com Matt Wilkinson defendendo seu título da etapa sobre o tricampeão mundial Mick Fanning e o brasileiro Jadson André.

Em seguida, Miguel Pupo assustou Owen Wright e o calouro Ezekiel Lau tomando a frente do heat, mas, na última onda, precisando de 5.83, Wright sentiu a urgência e levou o heat após a nota 7.07.

Passada a decepção em Margaret River, Gabriel Medina venceu tranquilamente o 3º heat (15.04) e confessou a dificuldade de entregar um bom desempenho com ondas pequenas e o frio em Bells Beach.

O wildcard Nat Young vem se consolidando na elite com performances de alto nível. Ontem, deu show superando o também norte-americano Kanoa Igarashi e Jordy Smith, segundo lugar da última temporada.

Kolohe Andino interrompeu a sequência de bons resultados de Jack Freestone e, consequentemente, superou o brasileiro Samuel Pupo também.

John John levou o heat na última onda (Foto: Sloane/WSL)

Apesar das barreiras pequenas, as condições não comprometeram a entrega de John John Florence. Os excelentes resultados nunca sobem à cabeça do havaiano, logo, ele entrou no heat para matar com uma execução de aéreos de finalização macia. Glyndyn Ringrose e Jeremy Flores até ameaçaram, mas faltando poucos segundos para o final, JJ precisava de 5.13 para superar o competidor francês. Resultado: Florence deslizou e voou para entregar 9.03 e se classificar direto para o 3 º round.

Adriano de Souza, o Mineirinho, passou por cima de Joan Duru e Caio Ibelli com a tranquilidade e o peso de quem tem experiência e um título mundial estampado na prancha.

O que podemos concluir do 1º round: um ótimo dia para os goofys.

Filipinho, o que foi aquilo?

O destaque do dia ficou por conta do brasileiro que a RISE Esportes aposta como o próximo a conquistar o WSL Championship Tour: Filipe Toledo. Apesar da confiança no talento de Filipinho, a performance de ontem superou qualquer expectativa:

Surfar no roof + velocidade absurda + variação e finalização equilibrada= 8.17 ;

Velocidade + layback snap excelente + full rotation= 8.93 ;

Execução de arco e aéreo perfeitos + incrível transição em todas as seções= 9.70 ;

DOIS aéreos, sendo um full rotation + variação e finalização perfeita= 10.00 ;

Filipe Toledo inspirado entregando a melhor performance do round= 19.70 ;

Conner Coffin e Bede Durbidge nem viram a tempestade chegando.

Hoje, 15, às 17:45 (horário de Brasília) a WSL inicia a trasmissão do 2º round (repescagem).

Confira a relação dos heats da repescagem:

H1 – Jordy Smith (AFS) vs. Glyndyn Ringrose (AUS)
H2 – Joel Parkinson (AUS) vs. Samuel Pupo (BRA)
H3 – Sebastian Zietz (HAV) vs. Leonardo Fioravanti (ITA)
H4 – Conner Coffin (EUA) vs. Ezekiel Lau (HAV)
H5 – Connor O’Leary (AUS) vs. Jadson Andre (BRA)
H6 – Josh Kerr (AUS) vs. Joan Duru (FRA)
H7 – Caio Ibelli (BRA) vs. Ian Gouveia (BRA)
H8 – : Mick Fanning (AUS) vs. Ethan Ewing (AUS)
H9 – Miguel Pupo (BRA) vs. Frederico Morais (POR)
H10 – Stuart Kennedy (AUS) vs. Bede Durbidge (AUS)
H11 – Kanoa Igarashi (EUA) vs. Wiggolly Dantas (BRA)
H 12 – Jack Freestone (AUS) vs. Jeremy Flores (FRA)

 

Resultados completos do 1º dia: 

H1 – Matt Wilkinson(AUS) 12.73 x Mick Fanning(AUS) 12.40 x Jadson André(BRA) 11.70

H2 – Owen Wright(AUS) 14.67 x Miguel Pupo(BRA) 13.33 x Ezekiel Lau(HAW) 9.77

H3 – Gabriel Medina(BRA) 15.04 x Stuart Kennedy(AUS) 12.03 x Leonardo Fioravanti(ITA) 6.17

H4 – Nat Young(USA) 16.66 x Kanoa Igarashi(USA) 14.43 x Jordy Smith(ZAF) 13.86

H5 – Kolohe Andino(USA) 17.17 x Jack Freestone(AUS) 11.50  x Samuel Pupo(BRA) 6.20

H6 – John John Florence(HAW) 17.20 x Jeremy Flores(FRA) 13.87 x Glyndyn Ringrose(AUS) 11.24

H7 – Adriano de Souza(BRA) 16.20 x Joan Duru(FRA) 14.17 x Caio Ibelli(BRA) 10.60

H8 – Kelly Slater(USA) 14.60 x Josh Kerr(AUS) 12.30 x Ian Gouveia(BRA) 10.00

H9 – Michel Bourez(PYF) 15.20 x Ethan Ewing(USA) 14.86 x Connor O’Leary(AUS) 9.64

H10 – Adrian Bunchan(AUS) 14.74 x Joel Parkinson(AUS) 12.70 x Frederico Moraes(PRT) 11.53

H11 – Filipe Toledo(BRA) 19.70 x Conner Coffin(USA) 14.40 x Bede Durbidge(AUS) 13.84

H12 – Julian Wilson(AUS) 16.56 x Wiggoly Dantas(BRA) 14.10 x Sebastian Zietz(HAW) 11.94

 

 

FacebookTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Izabelle Souza

Izabelle Souza

Estudante de Publicidade, 20 anos, nascida e criada entre Niterói e São Gonçalo. A criança que queria correr na F1, mas acabou nadando até chegar na praia. E ainda bem que chegou! Da areia, não conseguiu evitar se apaixonar pelo surf. Da vida, não foi capaz de separar o trabalho do esporte.



Related Articles

Fiji Pro: quem viu Wilkinson chegando?

Apesar do comportamento amistoso na areia, Wilko é ameaça na água (Foto: WSL/ Cestari) Após os days off do Outerknown

Pro Trestles – Brazillian Storm agita o mar ‘flat’ de San Clemente

Jordy Smith estreia bem e garante vaga no Round 3 do Hurley Pro at Trestles (Foto: WSL/Kenneth Morris) A equipe

Margaret River Pro: campeões caindo e zebras surfando

Jacob Willcox elimina Medina na repescagem (Foto: Divulgação/WSL) Dois palcos, surpresas e muito surf nos primeiros dias de competição. Como uma pintura.

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido