Blazers vencem Spurs com cesta no estouro do cronômetro

Blazers vencem Spurs com cesta no estouro do cronômetro
FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare

Os nomes do jogo: Noah Vonleh e Shabazz Napier (Foto: NBA)

A grande atuação de Shabazz Napier foi fundamental para a vitória apertada dos Blazers

O jogo da noite dessa segunda-feira (10) já não reservava tantas expectativas. Os dois times já entraram na arena Moda Center, em Portland, classificados para os playoffs, e por conta disso o técnico Terry Stotts, dos Trail-Blazers, resolveu poupar seus principais jogadores. Gregg Popovich, lendário treinador dos Spurs, não quis saber de nada disso e mandou o que tinha de melhor para quadra. Mas a impressão que ficou é que os titulares do time texano não estavam muito a fim de jogo.

Desde o início os reservas de Portland tiveram ampla dominância na partida, jogando bem coletivamente, acertando grande parte de seus arremessos de quadra e anulando o grande poderio ofensivo dos Spurs. Com as estrelas de Rip City, Damian Lillard e C.J. McCollum, do lado de fora da partida, o armador reserva Shabazz Napier bateu no peito e chamou a responsabilidade. E que partida ele fez! Napier comandou a equipe com 32 pontos, 6 rebotes e 5 assistências.

Pelo lado dos Spurs só restou a decepção. O que era para ser uma vitória tranquila, se tornou uma derrota com sufoco até o final. A equipe comandada por Popovich não conseguiu manter um bom ritmo durante o jogo e passou todo o primeiro tempo atrás do placar. Kawhii Leonard teve uma noite apagada e não conseguiu jogar da mesma maneira que jogou durante a temporada. O ala terminou a partida com 18 pontos.

Na metade do terceiro quarto, Popovich resolveu tirar seus titulares de quadra e usar os reservas também. E por incrível que pareça, o jogo melhorou. Os jogadores vindos do banco entraram, nitidamente, com mais vontade do que os titulares e chegaram a virar o placar. Entre esses jogadores estava Jonathon Simmons, que protagonizou o lance mais bonito da partida e uma das enterradas mais sensacionais do ano, com uma cravada monstruosa em cima do pivô de Portland, Meyers Leonard.

Os Spurs seguiram à frente do placar durante todo quarto período e jogando melhor. Mas, isso é basquete, o único jogo que não acaba quando a sirene toca. Último lance da partida, Spurs na frente por 98 a 97, bola na mão de Shabazz Napier, 18 segundos no relógio, torcida de pé. Napier chama o bloqueio, infiltra no garrafão e… perde a bola. Mas David Lee, pivô dos Spurs, tenta sair jogando e também perde a bola. No meio do bate e rebate dentro do garrafão, a bola sobra para Noah Vonleh, sozinho, embaixo da tabela. Vonleh arremessa, a sirene toca junto com a bola na tabela e… é cesta! Vitória dos Blazers por 99 a 98! Os jogadores e torcedores vão a loucura e mais uma vez a NBA mostra porque é tão apaixonante. 

 

FacebookLinkedInTwitterFacebook MessengerWhatsAppShare
Daniel Pinheiro

Daniel Pinheiro

Amante de todos os esportes, mas com uma queda grande pelo basquete. Pratica o esporte desde os 12 anos e chegou a integrar as categorias de base do Vasco da Gama. No meio do caminho conheceu sua outra paixão: o jornalismo. E agora, na equipe da RISE tem a oportunidade de conciliar esses dois amores.
É o típico flamenguista chato. Também é torcedor dos Lakers, viúva do Kobe Bryant e fã-boy do Carmelo Anthony. No futebol americano, costuma sofrer com os Cowboys.
Atualmente faz parte do time de basquete da Atlética de Comunicação e da SeleUFF.



Related Articles

Wizards vencem Celtics nos segundos finais e levam a decisão para o jogo 7

(Foto: divulgação/Washington Wizards) John Wall acertou um arremesso de 3 pontos aos 3,9 segundos restantes do último quarto e  impediu

Os dois lados da moeda na troca Irving-Thomas

Kyrie em Boston ou Isaiah em Cleveland, quem saiu ganhando? (Foto: Ron Schwane/AP Photo) Após a troca bombástica, como ficam

A surpreendente decisão de Kyrie Irving

Kyrie Irving estaria cansado de ser o “Robin” de LeBron James (Foto: Gregory Shamus/Getty Images) Insatisfeito com a posição de

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

error: Couteúdo protegido